Insetos robóticos geram energia pelo bater de asas

4 out

14/09/2011 15h01 – Atualizado em 14/09/2011 15h01

 Isadora Díaz Da redação –  Site http://www.techtudo.com.br/

Cientistas da Universidade de Michigan, Estados Unidos, desenvolveram uma nova forma de gerar energia, baseada no bater das asas de insetos. A tecnologia seria aplicada para dar uma maior vida útil a insetos ciborgues, extremamente úteis em operações de risco e de busca e salvamento.

Inseto robô (Foto: Reprodução/Physorg.com)Inseto robótico (Foto: Reprodução/Physorg.com)

Comparado ao desenvolvimento de pequenos robôs, o uso de insetos reais nesses projetos se mostrou mais barato e também viável. Um dos principais desafios enfrentados por pesquisadores, no entanto, era tornar os pequenos insetos, adaptados eletronicamente, realmente funcionais. Até então, o uso de baterias para alimentar as peças robóticas resultava em um enorme prejuízo aos ciborgues, incluindo a própria inviabilização do voo devido ao peso extra.

O primeiro inseto a receber a nova tecnologia como teste foi um besouro. Através de piezoelétricos ligados diretamente os músculos que controlam as asas do animal, o voar do inseto é capaz de alimentar o sistema robótico nele implantado. Agora, os pesquisadores buscam uma forma de maximizar tal produção de energia.

O estudo foi publicado no Journal of Micromechanics and Microengineering, respeitada publicação norte-americana. A pesquisa tem financiamento da DARPA, através do programa de incentivo ao desenvolvimento de insetos híbridos.

Via Physorg

Anúncios

Escreva sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: