Inflação pelo IPC-S começa outubro com estabilidade

10 out

Indicador ficou em 0,50%, mesma taxa da semana anterior.
Preços do tomate e do alho caíram, mas alta em habitação pesou.

A inflação calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) ficou em 0,50% na primeira semana de outubro, resultado idêntico ao verificado na semana anterior, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

A alta dos preços dos alimentos, entanto, voltou a perder força, passando de 0,55% na última semana de setembro para 0,47% no início do mês, influenciada pelas quedas acentuadas nos preços do alho (-20,35%) e do tomate (-8,19%). A taxa do grupo transportes também recuou no mesmo período, passando de 0,14% para 0,12%.

Ficaram maiores, por sua vez, as taxas dos grupos despesas diversas (0,29% para 0,40%), saúde e cuidados pessoais (0,51% para 0,57%), habitação (0,65% para 0,69%) e vestuário (0,93% para 0,95%).

No período, as maiores influências de alta sobre o IPC-S vieram das altas nas taxas de água e esgoto residencial (2,94%), leite longa vida (2,65%) e aluguel residencial (0,60%).

Entre os grupos componentes do IPC-S, apenas educação manteve a mesma taxa da semana anterior, de 0,20%.

10/10/2011 09h15 – Atualizado em 10/10/2011 09h15

Do G1, em São Paulo

http://g1.globo.com/economia

Anúncios

Escreva sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: