Archive | #Questione! RSS feed for this section

#Militares anunciam golpe de Estado na Tailândia

22 maio

Bangcoc, 22 mai (EFE).- O exército da Tailândia deu nesta quinta-feira um golpe de Estado, dois dias após declarar lei marcial sob o pretexto de solucionar a crise política no país após mais de oito meses de protestos antigovernamentais.

‘Em nome da lei e da ordem, assumimos os poderes. Por favor, permaneçam em calma e continuem com seus afazeres diários’, disse o chefe do exército tailandês, Prayuth Chan-Ocha, em um anúncio transmitido pela televisão pouco antes das 17h locais (7h de Brasília).

O comandante militar afirmou que a ação tem como objetivo impedir mais mortes e um aumento do conflito entre opositores e simpatizantes do governo.

Cercado por outros militares, Prayuth anunciou o golpe após a segunda reunião entre representantes do governo, oposição e líderes dos manifestantes, realizada no Clube do Exército, terminar sem acordo.

Prayuth cancelou o encontro após duas horas negociando sem resultados e soldados levaram todos os presentes para as dependências do Primeiro Regimento de Infantaria, exceto os membros do Senado e da Comissão Eleitoral.

O exército assumiu o papel de mediador da crise após declarar na terça-feira lei marcial em todo o país com o objetivo de prevenir uma explosão de violência, após oito meses de protestos antigovernamentais, que deixaram 28 mortos e centenas de feridos.

Os manifestantes antigovernamentais exigem uma reforma do sistema político, que consideram corrupto, e propõem a criação de um conselho não eleito para implementar mudanças antes da realização de uma votação.

A Tailândia vive uma grave crise desde o golpe de Estado que derrubou em 2006 o ex-primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, acusado pelos opositores de comandar o governo do exílio.

Os ‘camisas vermelhas’, seguidores de Thaksin, ameaçaram intensificar os protestos em Bangcoc se o exército tomasse o poder e o governo interino caísse.

Os militares já tramaram 19 golpes de Estado no país, 12 deles bem sucedidos, desde o fim da monarquia absolutista em 1932. EFE

Copyright (c) Agencia EFE, S.A. 2014, todos os direitos reservados

Foi instituída a censura aos meios de comunicação (© Athit Perawongmetha/AP)

Foi instituída a censura aos meios de comunicação (© Athit Perawongmetha/AP)

 

 

Atualizado: 22/05/2014 08:00 | Por EFE Brasil, EFE Multimedia

Fonte: msn noticias

Colonização de Marte tem mais de mil candidatos

3 jan

Imagens de Marte captadas pelo veículo robótico da Nasa, em 9 de dezembro de 2013.

NASA/JPL-Caltech/MSSS/AFP/Arquivos

Imagens de Marte captadas pelo veículo robótico da Nasa, em 9 de dezembro de 2013.

Mais de mil pessoas foram pré-selecionadas para formar parte de um grupo de primeiros colonos do planeta Marte, em 2025, informou nesta quinta-feira a companhia holandesa Mars One, autora do projeto.

A seleção foi realizada a partir de 200 mil pessoas, de 140 países, que se inscreveram para fazer parte da primeira onda de colonização do Planeta Vermelho. No total, 1.058 candidatos passaram à segunda fase da seleção, segundo a Mars One.

“O desafio com os 200.000 inscritos era separar os que pensamos ser capazes – mental e fisicamente – para a missão de embaixadores humanos em Marte dos que não levam o desafio a sério”, disse Bas Lansdorp, fundador e presidente da Mars One.

A Mars One vai selecionar agora, em várias fases, os 24 colonos que devem viajar a Marte em seis grupos de quatro pessoas.

Os colonos, que jamais poderão regressar à Terra, deverão viver em pequenos habitats, encontrar água, produzir oxigênio e cultivar seus próprios alimentos.

O projeto enfrenta muito ceticismo, mas entre seus apoiadores está o Nobel holandês Gerard ‘t Hooft, ganhador do prêmio de Física em 1999, que aparece em um vídeo promovendo a Mars One no site de financiamento coletivo Indiegogo.

Até agora, as agências espaciais ao redor do mundo só conseguiram enviar sondas robóticas a Marte, sendo a última a Curiosity, da Nasa, estimada em US$ 2,5 bilhões, e que pousou no planeta vermelho em agosto de 2012.

Se for bem sucedida, a Mars One será a primeira iniciativa, tripulada ou não tripulada, a explorar outro planeta.

Fonte: noticias.br.msn.com

80 pessoas são fuziladas pelo “crime” de possuir uma Bíblia

14 nov

O jornal sul-coreano JoongAng Ilbo denunciou a execução de 80 norte-coreanos na semana passada. A notícia chocante foi reproduzida por vários órgãos de imprensa europeus e americanos.

Fuzilamento coreano aos cristãos

O que chamou atenção foi o motivo alegado. As pessoas haviam desobedecido e lei, pois assistiram televisão e possuíam Bíblias em suas casa.

As execuções foram realizadas em sete cidades no dia 3 de novembro. Um grupo de refugiados norte-coreanos testemunham que a prática não é nova. A fonte do jornal é uma pessoa que alega ter saído ilegalmente da Coréia do Norte e ser testemunha ocular de um evento onde 10.000 pessoas foram até um estádio esportivo na cidade de Wonsan para assistir os condenados enfrentarem um pelotão de fuzilamento. A prática é uma maneira de a liderança ditatorial do país disseminar sua mensagem à população.

Segundo o jornal inglês Daily Mail, os mortos “foram amarrados a estacas com sacos cobrindo suas cabeças. Seus corpos foram crivados por tiros de metralhadora enquanto eram acusados” ​​de práticas que são consideradas traição ao regime, como assistir TV sul-coreana e terem Bíblias em casa.

Um dos líderes do grupo de refugiados Solidariedade Intelectual, disse ao The Independent: “O regime, obviamente, está com medo de possíveis mudanças na mentalidade das pessoas. Tenta preventivamente assustá-las”. Eles acusam o governo norte-coreano de continuamente ser responsável por execuções, desaparecimentos, detenções arbitrárias e tortura.

De acordo com o relatório sobre direitos humanos da ONU, “O governo submete cidadãos a controles rígidos em muitos aspectos de suas vidas, incluindo a negação das liberdades de expressão, de imprensa, de reunião, de associação, religião e movimento e os direitos dos trabalhadores”.

Fonte: fatospoliticos

#Egito declara um mês de estado de emergência em meio à violência

14 ago

Líder interino ordena Exército a apoiar esforços da polícia em restaurar a ordem e proteger as instalações do Estado

A presidência interina do Egito declarou estado de emergência depois de quase 150 morrerem em confrontos desatados no Cairo e em outras cidades do país após as forças de segurança terem invadido acampamentos de protesto na capital egípcia. Os acampamentos eram ocupados por partidários do islamita Mohammed Morsi, presidente que foi deposto em 3 de julho .

Choques: Polícia avança contra acampamentos pró-Morsi e violência se alastra

 AP – Partidários do presidente deposto Mohammed Morsi entram em confronto com forças de segurança no distrito de Nasr City, no Cairo

O presidente interino do Egito, Adly Mansour , declarou que o estado de emergência durará um mês e ordenou as Forças Armadas a apoiar os esforços da polícia em restaurar a lei e a ordem e proteger as instalações do Estado.

Logo depois do amanhecer desta quarta, escavadeiras blidandas avançaram contra o principal acampamento de protesto localizado do lado de fora da mesquita de Rabaa al-Adawiya, no leste do Cairo. Autoridades disseram que o outro acampamento de protesto, na Praça Nahda, também foi liberado.

Há relatos de manifestantes feridos sendo tratados perto dos mortos em hospitais de campanha improvisados. A filha de 17 anos de Mohamed el-Beltagy, importante membro da Irmandade Muçulmana, está entre os mortos. Segundo seu irmão, Asmaa el-Beltagy foi atingida por disparos nas costas e no peito. Mick Deane, cinegrafista que trabalhava para Sky News, também foi morto, assim como a repórter Habiba Ahmed Abd Elaziz, Gulf News.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou a violência e conclamou “todos os egípcios a concentrar seus esforços em promover uma reconciliação genuinamente inclusiva”, disse o porta-voz Martin Nesirky.

Confrontos também aconteceram em outros pontos da capital e em províncias em todo o país, deixando mais de 800 feridos nacionalmente, à medida que a raiva entre os islamitas se espalhou, com estações de polícia, prédios do governo e igrejas cristãs coptas atacadas ou incendiadas.

Dia 31: Egito ordena à polícia pôr fim a acampamentos pró-Morsi

O Banco Central Egípcio instruiu os bancos comerciais a fechar suas agências nas regiões afetadas pelo caos, um sinal de alerta de que a violência poderia ficar fora de controle. O Ministério das Antiguidades também ordenou que as pirâmides Giza ficassem fechadas para visitantes, bem como o museu egípcio. Os fechamentos são uma precaução válida apenas para quarta-feira.

A ofensiva militar foi lançada depois de dias de alertas do governo interino apoiado pelo Exército que substituiu Morsi após sua deposição. Os dois acampamentos em duas grandes intersecções em lados opostos da capital egípcia começaram no final de junho em mostra de apoio a Morsi. Manifestantes – muitos da Irmandade Muçulmana , de Morsi – reivindicavam sua volta ao poder.

Saiba mais: Entenda o que é a Irmandade Muçulmana

O tumulto foi o mais recente capítulo em um impasse entre os partidários de Morsi e a liderança interina que tomou o controle do país mais populoso do mundo árabe. O Exército depôr Morsi depois de milhões de egípcios terem saído às ruas para pedir sua renúncia, acusando-o de dar à Irmandade muito influência e de fracassar em implementar reformas vitais ou em estimular a economia em crise.

Chanceler da União Europeia:  Líder deposto no Egito está bem.

 AP – Corpos de partidários do presidente deposto Mohammed Morsi são vistos no chão de hospital improvisado no distrito de Nasr City, Cairo

Investigação: Egito acusa Morsi de conspirar com Hamas em fuga de prisão

O golpe provocou protestos similares de partidários de Morsi depois que ele e outros líderes da Irmandade foram detidos enquanto as divisões se aprofundaram, dando um grande golpe às esperanças de retorno à estabilidade depois da revolução de 2011, que derrubou o líder autocrático Hosni Mubarak .

Morsi é mantido detido em uma localização desconhecida. Outros líderes da Irmandade foram indiciados por incitar violência. “O mundo não pode assistir sentado enquanto homens, mulheres e crianças inocentes são mortos indiscriminadamente. O mundo deve se levantar contra o crime da junta militar antes que seja tarde”, disse em comunicado a Irmandade Muçulmana.

*Com AP e BBC

Ig Ultimo Segundo

#”O Congresso inviabilizou a reforma política”, diz Marina Silva

3 jul

Ex-senadora e idealizadora da Rede defende maior diálogo com a sociedade antes de fazer reforma política

Marina Silva foi taxativa ao afirmar, em entrevista ao iG , que o Congresso é o responsável pelo fracasso das diversas tentativas de reforma política. Segundo ela, a pressão das manifestações é o combustível para que a reforma seja finalmente realizada. “O Congresso inviabilizou a reforma política e agora a sociedade dá sustentabilidade política para que a reforma seja feita”, disse ela.

Questionada se a responsabilidade é do Congresso, Marina respondeu:
“Mas é claro! O deputado Henrique Fontana (PT-RS, relator da Comissão Especial de Reforma Política da Câmara) havia feito um trabalho a duras penas no Congresso e o projeto foi engavetado pelo PMDB com a conivência da base do governo. E ainda apresentaram um projeto casuístico com um só ponto para tirar 36 segundos dos partidos que estão sendo criados. Reduziram a reforma política a 36 segundos”, afirmou.

Para ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, o atual formato do plebiscito proposto pela presidente Dilma Rousseff resultará em uma reforma política que aumenta o monopólio dos partidos políticos.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/

#PASSEATA PACÍFICA – DIA 20 – 16 HORAS – CANDELÁRIA À PREFEITURA DO RJ

19 jun

Manifestação 20-06
COMPARTILHE O EVENTO E ADICIONE TODOS OS SEUS AMIGOS AQUI PRA CHEGARMOS A 3 MILHÕES.

PASSEATA PACÍFICA – DIA 20 – 16 HORAS – CANDELÁRIA À PREFEITURA DO RJ

CONCENTRAÇÃO ÀS 16 HORAS NA CANDELÁRIA INDO EM DIREÇÃO À PREFEITURA ÀS 18 HORAS, ficando lá até o governo se pronunciar.

Mais uma vez nos reuniremos em mais um Ato reivindicando mais uma vez a redução da passagem, o NÃO a PEC 37, a melhoria dos serviços públicos e o fim da corrupção. Estamos em busca de um BRASIL melhor e mais consciente.

NÃO ME SURPREENDERIA SE ESSES “MANIFESTANTES DESORDEIROS” FOSSEM INFILTRADOS POLÍTICOS OU CAPANGAS DE TIRANOS PRA INCENTIVAR O CAOS E DESORDEM E CULPAR O POVO.

* DIA 20 TODOS DE VERDE E AMARELO (DURANTE TODO O DIA)
* CARROS COM FITAS E BANDEIRAS VERDE E AMARELO
* PANOS E BANDEIRAS NA CORES DE NOSSA BANDEIRA NAS CASAS
* MEGA FONES
* APITOS
* CORNETAS
* CARTAZES
* BANDEIRAS DO BRASIL (SOMENTE)
* FAIXAS
* FILMANDO E TIRANDO FOTOS DE TODO PROTESTO
* SEM REPRESENTAÇÕES POLÍTICAS
* E CUIDADO COM PESSOAS INFILTRADAS QUERENDO NOS ENFRAQUECER (criando intrigas, dúvidas, outras informações e ofensas).

Recomendação aos Manifestantes

Pesquisadores obtêm células-tronco de embrião humano clonado

17 maio

Técnica usada em universidade dos EUA é a mesma aplicada para gerar a ovelha Dolly. Resultado abre portas para tratamento de doenças como Parkinson, mas responsáveis alertam que não se trata ainda de clonar humanos.

Um grupo de cientistas norte-americanos conseguiu, pela primeira vez na História, obter células-tronco humanas com o mesmo DNA de uma célula adulta. O trabalho, publicado na revista Cell, é o primeiro caso bem-sucedido da aplicação em pessoas da técnica de clonagem que deu origem, por exemplo, à ovelha Dolly.

O anúncio é feito após 15 anos de pesquisas insistentes e uma série de fracassos científicos. Mas, segundo os autores do estudo, não se trata ainda de obter pessoas clonadas, mas sim de chegar à chamada fase de blastocisto do embrião para extrair as células-tronco.

O que os pesquisadores da Universidade de Ciências de Oregon conseguiram foi transferir o núcleo da célula da pele, contendo o DNA de uma pessoa, para a célula de um óvulo, de onde foi retirado o material genético. O núcleo de uma célula adulta uniu-se, então, com um óvulo que produz células-tronco.

– As células-tronco obtidas por essa técnica demonstraram a sua capacidade de se diferenciarem, como as células-tronco normais, em diferentes tipos de células nervosas, hepáticas e cardíacas – explicou o coordenador da pesquisa, Shoukhrat Mitalipov.

As células-tronco também chamadas estaminais são as únicas que têm a capacidade de se diferenciarem em todo o tipo de células do organismo e de se multiplicarem sem limite, apresentando, assim, um grande potencial terapêutico.  Segundo cientistas, elas são promissoras no tratamento de doenças como Parkinson e esclerose múltipla.

A pesquisa da Universidade de Oregon, feita após um bem-sucedido teste do mesmo tipo com macacos, tem o mérito, segundo especialistas, de não usar embriões fertilizados – o que poderia levantar questões éticas.

 

17/5/2013 9:00
Por Redação, com DW – de Nova York, EUA

%d blogueiros gostam disto: